Espanha

ESPERANÇA É MEU CAMINHO, VITÓRIA É MEU DESTINO

Aspectos gerais:

A Espanha ocupa a maior parte da península ibérica. Os seus limites são a norte com o golfo de Biscaia, a nordeste com a França e Andorra, a leste e a sul com o mar Mediterrâneo, a oeste com Portugal e o Oceano Atlântico. Ao sul faz ainda fronteira com o território britânico ultramarino de Gibraltar. O território continental é dominado por planaltos (meseta central) e por cordilheiras como os Pireneus ou a Sierra Nevada. Destas alturas descem vários rios importantes, tais como o Tejo, o Ebro, o Douro, o Guadiana e o Guadalquivir. A Espanha tem litoral, a leste, no mar Mediterrâneo (que contém as ilhas Baleares), a norte na baía de Biscaia e a oeste no oceano Atlântico, onde se encontram as ilhas Canárias, ao largo da costa de África.

A Espanha é regida por um sistema de governo de monarquia, o poder político é dividido em três: poder executivo, poder judicial e poder legislativo. Está em quinto lugar entre as principais economias da Europa, apresentando um PIB que supera 1,4 trilhão de dólares. Sua economia tem como base a exportação de veículos, além de calçados, construção naval, indústria siderúrgica, química e têxtil. Na agricultura os destaques são para a produção de uvas e laranjas. Os espanhóis são grandes produtores de vinhos e azeites. A pesca também é uma atividade econômica difundida, o país possui a maior frota pesqueira do mundo. O turismo tem sido responsável por grande parte da receita do país. A Guerra Civil Espanhola é frequentemente considerada uma "preliminar" da Segunda Guerra Mundial, pela participação de potências internacionais. A princípio, os militares receberam apoio dos regimes fascistas europeus (Alemanha e Itália), Portugal e Irlanda. O Governo republicano recebeu apoio da URSS, único país comunista de Europa, e do México. A Ditadura de Franco entre 39 e 75 praticou uma forte repressão política dos perdedores da guerra (democratas liberais, nacionalistas periféricos, socialistas, comunistas, anarquistas, etc). Até 82 houve a transição democrática para o estado social e de direito pelo rei Juan Carlos.

A Fúria é a atual campeão do mundo e está em 2012 (janeiro) na 1ª colocação do Ranking da FIFA. Gerida pela Real Federação Espanhola de Futebol, em 1992, ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona. É também a atual campeã da Eurocopa de 2008, além da edição de 1964.

 

  • Geograficamente localiza-se a sudoeste da Europa, com fuso horário +4h em relação à Brasília.  
  • Possui clima mediterrâneo e oceânico ao norte. 
  • Principais cidades são: Madri, Barcelona, Valência, Sevilha, Zaragoza, Bilbao, Málaga, Oviedo, Vigo, Granada, Alicante e Murcia.
  • Os principais idiomas são o espanhol (oficial), basco, galego e catalão.
  • Possui uma densidade demográfica de 89,2 hab./km2; IDH de 0,863 (PNUD 2010) – classificado como desenvolvimento humano muito alto.

 

Gento, Telmo Zarra, Zubizarreta, Miguel Muñoz, Julio Salinas, Hierro, Camacho, Butragueño, Raul González, Puyol, Xavi Hernandes, Fernando Torres, Cassilas, Iniesta, Piquet. Villa e Fábregas são craques da Fúria e seus principais clubes são: Betis, Sevilla, La Coruña, Real Sociedad, Valencia, Athetic Bilbao, Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid.

Participou de 13 edições da Copa do Mundo FIFA, em 1934, na sua primeira participação, a seleção chegou às quartas-de-final, mas foi eliminada pela Itália. Voltou a disputar um mundial em 1950, no Brasil e terminou em quarto lugar. Em 1966, chegou à Inglaterra sob a condição de favorito, pois havia sido campeã europeia em 1964, mas foi eliminada na primeira fase. Em 2002, enfrentou a Coréia do Sul, nas quartas. A equipe, no entanto, não resistiu aos anfitriões e foi eliminada nos pênaltis. Em 2006, na Alemanha, a Espanha enfrentou a equipe francesa e perdeu por 3 a 1 para a seleção que posteriormente seria a segunda colocada do torneio.

Em 2010 na África do Sul conquistou com méritos o título mundial. Na final, a Espanha venceu a Holanda por 1 a 0 com gol de Iniesta na prorrogação, conquistando o título da competição mais importante de futebol do mundo. David Villa foi um dos artilheiros do torneio com cinco gols.