Com jogos das quatro divisões, Arena Pantanal se destaca em público

Legado Infraestrutura, Econômico e Esportivo

16/09/2014
Arena Pantanal Goiás e Flamengo (Foto: Edson Rodrigues/Secopa-MT)

A Arena Pantanal tem surpreendido os críticos que a apontavam como elefante branco. Sede de quatro jogos na Copa do Mundo, o estádio de Cuiabá tem recebido partidas praticamente toda semana e quase sempre com bom público para os padrões nacionais. Até aqui foram onze, com público total de 139.960 espectadores. A média é de 12,7 mil torcedores. Times das quatro séries do futebol brasileiro atuaram nela.

Na última quarta-feira, por exemplo, mais de 38 mil torcedores foram ao estádio para assistir a vitória do Goiás sobre o Flamengo, por 1 a 0, pelo Brasileirão. Uma semana antes, cerca de 32 mil assistiram a vitória do Bragantino sobre o Corinthians, por 1 a 0, pela Copa do Brasil.

A Arena Pantanal tem sido a casa dos clubes locais que disputam as Série B, C e D do Campeonato Brasileiro. Uma das alternativas para mantê-la em atividade é a realização de rodadas duplas envolvendo Luverdense, Cuiabá e Operário, as três equipes que estão no Brasileiro. Até agora foram três disputadas.

O preço do ingresso também tem sido um chamariz para os torcedores. Para incentivá-los, os clubes e a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) tem colocado bilhetes que variam de R$ 10 a R$ 30, dependendo do setor, em jogos dos times locais.

No ranking das 12 arenas da Copa do Mundo, a de Cuiabá aparece na terceira posição em jogos disputados. Ela perde apenas para o Maracanã, com 13 e a Arena das Dunas, com 12.

Neste domingo, a Arena Pantanal vai receber mais um jogo, desta vez do Cuiabá contra o Botafogo-PB, pela Série C do Campeonato Brasileiro.


LEIA MAIS: Com jogos das quatro divisões, Arena Pantanal se destaca em público