"Nunca poderemos por fim", FIFA sobre ingressos...

Gerais

04/02/2015

LEGADO ÉTICO e ECONÔMICO.
Palavras de especialistas que sabem o que fazem mesmo...

O escândalo da máfia de ingressos que manchou a Copa do Mundo no Brasil tende a ser repetir nas próximas competições. Foi o que afirmou a própria Fifa nesta segunda-feira (14), no Maracanã, em entrevista para um balanço geral dos 32 dias de competição. Segundo o secretário-geral Jerôme Valcke, está é uma luta que “nunca poderemos por fim.”  

O secretário defendeu a Fifa por manter negócios com uma empresa acusada de obter lucro de até 1.000% com a revenda ilegal de ingressos. Valcke fez questão de afirmar que não é a federação internacional que comercializa as entradas, mas uma terceirizada.  

— Também prendemos pessoas na África do Sul. Acho que nunca poderemos por fim a esse sistema fora do programa de venda de ingressos. Nós vendemos todos os ingressos com o valor de face. Não houve um ingresso vendido pela FIfa que foi vendido sem o valor ingresso. Todos os ingressos são vendidos a terceiras partes e aí o que eles fazem é o que estamos brigando.  

O presidente Joseph Blatter chegou a se irritar ao ser questionado sobre o esquema de corrupção.  

— Quando você fala em corrupção, tem que apresentar provas. Quando você diz que algo estava errado até posso aceitar, mas não aceito ouvir que houve corrupção.

Veja materia completa em:

http://esportes.r7.com/futebol/copa-do-mundo-2014/fifa-volta-a-criticar-policia-brasileira-e-diz-que-mafia-dos-ingressos-nunca-acabara-14072014

 

 

 

 

Arquivo em anexo: FIFA ingressos