Alça do viaduto que desabou na Copa é implodida

Legado Infraestrutura e Econômico

16/09/2014
Alça do Viaduto Guararapes é implodida na Avenida Pedro I / Uarlen Valério

A segunda alça do Viaduto Guararapes, no bairro Itapoã, Região Norte de Belo Horizonte (MG), foi implodida na manhã deste domingo, dia 14. A estrutura foi demolida após a alça sul do elevado ter desabado no dia 3 de julho matando duas pessoas e ferindo outras 23.

Cento e vinte e cinco quilos de dinamite foram usados na operação e em 3 segundos tudo veio abaixo.

Durante todo o fim de semana, a empresa Cowan, responsável pela construção e pela demolição do viaduto, montou um esquema para a retirada dos moradores dos prédios vizinhos, em um raio de 200m do local. A operação custou 1 milhão e duzentos mil reais, pagos pela Cowan.

A remoção dos escombros deverá durar cerca de uma semana.


Mortes durante a Copa do Mundo

A alça sul do viaduto Batalha dos Guararapes desabou no dia 3 de julho, matando a motorista Hanna Cristina dos Santos, 26, e o ajudante de pedreiro Charlys Nascimento, 24. Os dois estavam dentro de veículos que foram atingidos pela queda do elevado.


Notícia na íntegra: Alça do viaduto que desabou na Copa é implodida