Instituto Câmara Cascudo

Por Karina Carneiro

01/05/2014
Estátua de Câmara Cascudo erguida em frente ao Instituto.

"Instituto cujo objetivo é a preservação, divulgação e gerência do patrimônio cultural de Luís da Câmara Cascudo", assim pode-se ler no panfleto entregue pelo sr. Ari aos interessados em conhecer o Memorial Câmara Cascudo.


Fundado no dia 10 de fevereiro de 1987, por iniciativa do jornalista Paulo Macedo, em homenagem a um dos maiores intelectuais potiguares de todos os tempos, Luís da Câmara Cascudo, o memorial está situado na Praça André de Albuquerque, Cidade Alta, próximo à Antiga  Catedral, à Igreja do Galo, ao Museu de Artes Sacras, entre outros pontos turísticos da cidade de Natal. O prédio de arquitetura neoclássica data do século XVIII, quando construído para servir de sede ao Real Erário, vindo a ser, posteriormente, sede da Tesouraria da Fazenda.


Em frente ao prédio, em meio à praça, foi erguido um monumento em bronze também em memória ao mestre da Literatura Potiguar. Consiste em um braço com mão espaldada para cima segurando uma estátua da imagem de Câmara Cascudo. No interior do Memorial, encontram-se salas temáticas com objetos que representam suas pesquisas do folclore do Rio Grande do Norte, obras de Cordéis, painéis de sua história, homenagem ao Padre João Maria (quem o batizou e quem tem um grande reconhecimento histórico no Rio Grande do Norte), a maquete de sua casa onde hoje funciona o Museu Câmara Cascudo, entre outras curiosidades importantes.


O Sr. Ari, funcionário do Memorial há muitos anos, tem o maior prazer em mostrar e elucidar os visitantes com muita receptividade sobre o Mestre do Folclore Potiguar.


Por Karina Carneiro.