ONG pede fim de incentivos à Fifa: 'Pobres pagam o preço da Copa'

Legado Social, Econômico, Político e Conhecimento

18/09/2014
Fifa também enfrentou protestos no Brasil pelos 'privilégios' que teve para organizar a Copa no país.

Uma importante ONG suíça está pedindo à Fifa e ao Comitê Olímpico Internacional que mudem a forma como fazem negócios no mundo.

 

A organização beneficente Terre des Hommes (do francês Terra dos Homens) dedica-se a combater a exploração de crianças em países em desenvolvimento.

 

Ela quer, por exemplo, que a Fifa (Federação Internacional do Futebol), entidade que organiza a Copa do Mundo - um evento avaliado em bilhões de dólares - passe a seguir as mesmas regras de responsabilidade corporativa adotadas por outras corporações internacionais.

 

"Lojas de roupas têm responsabilidade sobre as condições de produção de seus fornecedores", disse a diretora da Terre des Hommes, Danuta Sacher, à BBC. "Bem, o mesmo (princípio) deve se aplicar à Fifa e ao seu 'produto comercial' – a Copa do Mundo".

 

"Devem se assegurar de que a Copa do Mundo está sendo produzida por eles de forma idônea e segura para crianças e suas famílias", acrescentou.


Confira na íntegra: ONG pede fim de incentivos à Fifa: 'Pobres pagam o preço da Copa'