Sem liberdade, sem condições, sem infância

Gerais

13/02/2014
A organização do EURO 2004 parece ter-se preocupado pouco com as responsabilidades sociais

As bolas oficiais e os equipamentos que entrarão em campo no Euro 2004, em Portugal, e nos Jogos Olímpicos, em Atenas, são produzidos em condições degradantes, por trabalhadores que não têm direito a uma vida digna, continuando a viver na miséria, sem liberdade, sem condições e sem infância. Esta é a principal conclusão do relatório produzido pela Associação Cores do Globo, no âmbito da Campanha "Jogo Limpo", organizada pela Coordenação Portuguesa de Comércio Justo.

Arquivo em anexo: TEXTO NA ÍNTEGRA